Vinicius Matos

dezembro 19, 2008

Série: meus ídolos I

Sou fã do Bill Gates. Mesmo sendo usuário da Apple e apaixonado por meu Mac. Não troco ele por um PC mas tenho mais PCS que MACS.  Sou fã de Steve Jobs também mas hoje é o dia de falar de Mr. Gates.

O cara é um dos mais inteligentes e ricos do mundo! É por isso que eu sou fã dele? Não. Claro que não. Algumas de suas características me fazem o admirar mais a cada dia mais e mais:

1. Seu empreendedorismo. Veja o que ele construiu em pouco mais de 30 anos. Não me diga que 30 anos é muito. Ele na minha idade tinha já revolucionado o mundo com o Windows. Nem adianta falar que o windows dá pau e PC tem vírus. A maioria das pessoas o utilizam e foi ele o responsável pela democratização da informação no mundo. Mentira? Quem teria acesso a internet sem o windows?

2. Sua humildade. Ele conversa com mendigo como se fosse a pessoa mais importante do mundo. Isso é de tirar o chapéu não? Tem muita gente que não cumprimenta nem a empregada do vizinho no elevador! Heloooooo!  O cara é fantástico gente.

gates3_2

3. Sua capacidade de mesclar lógica e intuição. Eu sou uma pessoa um tanto quanto lógica mas me sinto um verme quando vejo o que esse cara fez em tão pouco tempo. Ele conseguiu monopolizar a micro informática utilizando a força dos próprios usuários. A facilidade que o ser humano tem em “levar vantagem” o fez dominar os sistemas operacionais. Levanta a mão quem nunca teve um windows pirata na vida! Depois não reclama hein? A galera pirateia e depois ainda reclama que o software só dá pau. Isso é ingratidão. Ele deve pensar em casa, poxa, dou o windows para esse bando de ingratos e eles ainda reclamam dos seus “leves defeitos”?

4. Sua generosidade. Alguém já ouviu falar da Fundação Gates? Procurem no google!

O mais bacana de tudo é que as pessoas que trabalham com gates só tecem elogios pelo grande empresário e acima de tudo ser humano que é. Sempre que uma pessoa chega ao topo a primeira reação de boa parte da sociedade é procurar seu ponto fraco e tecer comentários destrutivos.

Gates, sou seu fã de verdade! De qualquer forma recebi hoje um texto por email que não sei se é verdade mas é bem engraçado. Ele não me fez gostar menos de você, pelo contrário!

Nota da GM para comentário de Bill Gates.

Numa recente feira de informática (Comdex), Bill Gates fez uma infeliz comparação da indústria de computadores com a automobilística declarando:

Se a GM tivesse evoluído tecnologicamente, tanto quanto a indústria de computadores evoluiu, estaríamos dirigindo carros que custariam 25 dólares e que fariam 1000 milhas por galão (algo como 420 km/l)’. A General Motors, respondendo ‘na bucha’, divulgou o seguinte comentário:
Se a Microsoft fabricasse carros:

1. Toda vez que eles repintassem as linhas das estradas, você teria que comprar um carro novo.
2. Ocasionalmente, dirigindo a 100 km/h , seu carro morreria na auto-estrada sem nenhuma razão aparente, e você teria apenas que aceitar isso, sem compreender o porque! Depois, deveria religá-lo (desligando o carro, tirando a chave do contato, fechando o vidro saindo do carro, fechando e trancando a porta, abrindo e entrando novamente… Em seguida sentar se no banco, abrir o vidro, colocar a chave no contato e ligar novamente). Depois, bastaria ir em frente.
3. Ocasionalmente a execução de uma manobra a esquerda poderia fazer com que seu carro parasse e falhasse… Você teria então que reinstalar o motor! Por alguma estranha razão você aceitaria isso como ‘normal’.
4. A Linux faria um carro em parceria com a Apple, extremamente confiável. Cinco vezes mais rápido e dez vezes mais fácil de dirigir. Mas apenas poderia rodar em 5% das estradas.
5. Os indicadores luminosos de falta de óleo, gasolina e bateria seriam substituídas por um simples ‘Falha Geral ou Defeito Genérico’ (permitindo que sua imaginação identifique o erro!).
6. Em um acidente, o sistema de air bag perguntaria: ‘Você tem certeza que quer usar o air bag?’.
7. No meio de uma descida pronunciada, quando você ligasse o ar-condicionado o radio e as luzes ao mesmo tempo, ao pisar no freio apareceria uma mensagem do tipo ‘Este carro realizou uma operação ilegal e será desligado!’
8. Se desligasse o seu carro utilizando a chave, sem antes ter desligado o radio ou o pisca-alerta, ao ligá-lo novamente, ele checaria todas as funções do carro durante meia hora, e ainda lhe daria uma bronca para não fazer isto novamente. (ÓTIMA).
9. A cada novo lançamento de carro, você teria de reaprender a dirigir. Coisa fácil! Você voltaria a auto-escola para tirar uma nova carteira de Motorista.
10. Para desligar o carro, você teria de apertar o botão ‘Iniciar’.
11. A única vantagem: seus netos saberiam dirigir muito melhor do que você!

O que a GM não disse Bill, é que se você fosse um fabricante de automóveis você permitiria que todos dirigissem seu carro e fingiria de tonto!

Blog no WordPress.com.