Vinicius Matos

março 20, 2009

Sofia

Sofia: Grego, significa sabedoria. Apesar de ser um pouco dispersiva, consegue resolver adequadamente seus problemas. Seu sucesso profissional irá depender de muito esforço. Convém ter sempre uma tarefa para manter-se ocupada.

E foi isso que ela fez. Se manteve ocupada durante todo o tempo. Ocupou também o papai, a mamãe e os 4 avós que babaram do início ao fim!

img_3624

Anúncios

março 19, 2009

Caminho das Índias

…para mim e para o casal de alunos!

Como fico feliz em receber alguns emails. Esse veio de um casal de Fotógrafos de Goiás. Paulo e Cida durante os dois workshops que fizeram comigo sentaram sempre na primeira carteira, anotaram tudo e não piscavam para não perder nada. No segundo workshop, de Marketing e Vendas, voltados ao mercado da fotografia de casamento, eles por alguns instantes pareciam um quanto tanto desconfiados do que eu falava. Principalmente quando falei de preços e descontos. O que acontece é que a maioria das pessoas que moram em cidades menores que os grandes centros como São Paulo e Rio, acham que não podem cobrar mais por um trabalho diferenciado. Qualquer um pode ter seu trabalho valorizado, mesmo que more em uma cidade de 10 mil habitantes. Basta ser raro, ou seja, fazer algo que seus concorrentes não fazem. Isso é lei de mercado que já existia desde a época de trocas nos primórdios do comércio. Porque as especiarias indianas eram tão valorizadas? Porque eram encontradas apenas na Índia e pouca gente sabia ir até lá. Elas eram raras. Quanto melhor e mais raro o fotógrafo é mais requisitado ele é e mais ele pode cobrar pelo seu bom trabalho. A matemática é simples. Tornar-se raro é um trabalho árduo mas não impossível. O casal acreditou e mudou todo seu negócio. Acompanhem esse depoimento que me deixou muito feliz! Eu apenas o ajudei na busca do caminho das índias!

“Olá Vinicius, eu sou o Paulo César que estive ai no workshop em dezembro e em janeiro, o casal (Paulo e Cida) de Goiás.  Rapaz, depois deste workshop  eu consegui abrir a cabeça esquecer da concorrência e aumentar muuuuuito os preços praticados. Foi  incrível os valores aplicados hoje com as técnicas de vendas ensinadas por você , valeu cada centavo aplicado nesta viagem a BH, valeu muito! Que vc sempre continue com este seu sucesso.”

Paulo e Cida

março 18, 2009

Photographers all over the world: Nellie Solitrenick

Há quase dois anos atrás fiz um workshop com a Nellie Solitrenick em São Paulo junto com fotógrafos de todas as partes do Brasil. Além do seu trabalho que acho muito bacana tive e a oportunidade de conhecer uma pessoa muito simples e bacana. Ela mostrou e contou tudo, sem esconder nada. Atitude digna de uma pessoa segura e generosa. Lembro-me que saí do workshop muito empolgado e morrendo de vontade de fotografar um casamento para colocar em prática várias coisas que ela ensinou. Para quem não fez ainda o seu workshop vale a pena se matricular no próximo que acontece paralelamente a programação  da feira Fotografar. O retorno é garantido e a Nellie é uma simpatia e seu carisma é algo impressionante. Obrigado Nellie pelo grande trabalho e pelo carinho e simpatia para com os alunos. Seu trabalho é inspirador.

março 16, 2009

Apostila de iluminação gratuita

Clique na imagem e faça o download gratuito da um encarte promocional de iluminação que a empresa líder mundial na fabricação de tripés e suportes fotográficos, Manfrotto/Bogen fez para eus clientes. O autor do material é simplesmente Joe Mc Nally, um dos papas da luz na fotografia!

picture-22

Cris + Renato

O Renato perdeu seu pai há menos de um mês antes do casamento. Acho que esse é um dos motivos que o deixaram emocionado antes e durante a cerimônia. De alguma forma seu pai estava presente nesta ocasião tão especial. Uma noite onde duas pessoas de que se visivelmente se gostam muito, oficializaram o início de uma nova família.

Achei por acaso hoje uma poesia que veio a calhar:

Saudade

Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já…

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida…

Saudade é sentir que existe o que não existe mais…

Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam…

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.

E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.

Pablo Neruda

_mg_9962

março 12, 2009

Alô cidade maravilhosa, estarei de volta!

folder_01

março 11, 2009

Myriam + Rodrigo

As vezes dizem que eu invento moda. e que faço imagens dos meus noivos em lugares esdrúxulos só para parecer diferente. Aqui tentarei explicar.

Acho importantíssimo ouvir meu cliente portanto sempre que vamos decidir onde fotografar eu procuro saber seus costumes, hábitos e gostos. Como se conheceram, gosto musical, literário e locais onde frequentam. Penso que se eu consigo unir isso a fotografia terei um álbum exclusivo que não pareça com nenhum outro álbum que eu já tenha feito. É simples assim. Basta estar disposto a escutar e entender o seu cliente. As vezes correr atrás de uma produção ou de uma vontade dos noivos não é tão simples mas o resultado vale a pena para eles e para o fotógrafo que não cairá nunca na monotonia.

A Myrinha quem escolheu o mercado central por ter a ver com o estilo de vida e simplicidade do casal. No começo confesso que fiquei com um pouco de receio. A partir do momento que fomos fotografando a turma toda relaxou e o que temia não mais me assustou. Eu tinha medo de ficar muito exagerado e caricato pois o Mercado Central de Belo Horizonte é um lugar do povo, interessante sim e riquíssimo em detalhes. O difícil foi conseguir unir a antítese da delicadeza do casal com a rusticidade do espaço. Espero que tenha conseguido.

img_2260

Um comentário que já ia me esquecendo. Este casal é o mais beijoqueiro até hoje! Isso também facilitou pois eles não tomaram conhecimento da platéia que os assistiu na tarde de ontem.

março 5, 2009

Melhores Fotógrafos de Casamento do Mundo

Segundo o site June Bug que anualmente publica a sua lista anual de melhores fotógrafos de casamento do mundo, os felizardos do ano de 2008 foram:

Yervant Zanazanian

Marcus Bell

Christian Oth

Cooper Carras

John Chin

Nate & Jaclyn Kaiser

John & Joseph Hong

Elizabeth Messina

Jose Villa

Anna Kuperberg

Chenin Boutwell

Dorothee Brand & Annabel Braithwaite

Sean Flanigan

Jim Garner

Grace & Hun Kim

Kim & Adam Bamberg

Corbin Gurkin

Matt & Angie Sloan

Angela Burke & Ashley Delatour

Amelia & Justin Lyon

Cheri Pearl

Robin Layton

Ben Chrisman

Lisa Lefkowitz

Karen Wise

junebug-weddings

março 4, 2009

Convite exposição MASP PIRELLI

março 3, 2009

Invasão Brazuca

Em novembro do ano passado eu preenchi um formulário para filiação em uma das mais sérias entidades da fotografia de casamento internacional, a ISPWP. Para participar dessa associação eu precisava de dois sponsors (pessoas que me indicassem) pois não basta apenas pagar a taxa. Você precisa ser indicado, aprovado pela banca examinadora e além disso pagar a anuidade o que traz muita credibilidade a entidade.

Não havia nenhum fotógrafo brasileiro lá até então e eu então resolvi contar com a cara-de-pau que Deus me deu e pedi ao fotógrafo mexicano, hoje meu amigo, FER JUARISTI e ao americano SERGIO que fossem meus sponsors. Para minha sorte, eles gostaram do trabalho e logo fui aceito pela entidade.

Dois meses depois, após enviar algumas imagens para o Winter Contest (concurso organizado por eles) tive 11 fotos premiadas. Acho que isso serviu de incentivo para meus colegas e amigos brasileiros, fotógrafos de casamento, que hoje podem ver que basta acreditar. Desde então já fui sponsor do Alexandre Borges que me procurou primeiro depois do Anderson Miranda e recentemente dos meus amigos e conterrâneos Léo Neves e Oswaldo Marra.

Estou feliz por um simples motivo. Estamos abrindo portas para a fotografia social brasileira fora do país. Isso hoje para mim é uma conquista da qual posso me gabar pois sou brasileiro e não desisto nunca, como diz o ditado.

Para aqueles que desejam ver a página da brasileirada clique no aqui e para os outros que desejam participar da associação entrem no site e preencham o formulário. Eu terei o maior prazer em ser o sponsor de vocês, desde que eu goste do trabalho. Não posso simplesmente ser sponsor de trabalhos que ainda não possui uma qualidade internacional, eu estaria indo contra meus princípios éticos e estaria nivelando a fotografia do nosso país por baixo. Precisamos de bons representantes como esses que aí estão.

Vamo que vamo!

Próxima Página »

Blog no WordPress.com.